Semana do MEI

Semana do MEI começa na próxima segunda (10)

Com programação digital e gratuita, Semana do MEI conta com 45 palestrantes renomados, entre eles, especialistas em pequenos negócios e convidados. A edição deste ano traz o tema ‘Uma nova visão para o futuro do seu negócio’

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae), realiza a Semana do Microempreendedor Individual (MEI), no período de 10 a 14 de maio, das 10h às 18h30. Com edição online e gratuita, as inscrições estão abertas no Portal www.sebrae.com.br, com acesso a programação da semana. O evento nacional oferece atividades práticas no período da manhã e lives inspiradoras com dicas durante a tarde.

 

Segundo a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Marciane Santo, o MEI terá a oportunidade de participar de uma jornada de conhecimento que vai inspirar para empreender, conhecer tendências e oportunidades de negócios. “O MEI e o empreendedor podem aprender como se planejar para começar da forma adequada e cuidar das finanças, além de interagir com especialistas convidados que trarão dicas para vender mais na internet”, disse a diretora técnica do Sebrae, Marciane Santo.

 

Para a gerente da Unidade de Atendimento Individual do Sebrae no Amapá (UAI), Mayara Fernanda, a programação totalmente gratuita é direcionada para o momento empreendedor, seja o MEI formalizado ou seja o empreendedor que nesse momento pensa em ter um negócio formalizado. “A programação consiste em dois momentos distintos. O MEI está em processo de adaptação, então abordaremos temas como venda pela internet usando as redes sociais para favorecer o negócio”, informa a gerente da UAI/Sebrae, Mayara Fernanda.

 

O MEI recebe dicas práticas para organizar as finanças que passaram por turbulências na pandemia da Covid-19, tendo que ajustar a negociação com fornecedor, buscar orientação de crédito; portanto, para quem está na prática precisa buscar esse direcionamento, mas sem deixar de olhar para quem também está começando a empreender.

 

“Quem olhou para a pandemia e para este momento como uma oportunidade de negócio, num produto ou serviço que talvez estivesse carente na sua região, então falaremos do passo a passo de como abrir uma empresa, com o usar as melhores estratégias de marketing digital para os pequenos negócios, se inspirar em casos de sucesso que já atuam ou que se reinventaram como MEI e se tornou um exemplo motivacional para iniciar a sua empresa”, destaca a gerente da UAI/Sebrae, Mayara Fernanda.

 

Nacional

 Atualmente, existem 11,3 milhões de microempreendedores individuais em atividade no país e ainda há muito espaço para crescimento. De acordo com o último Perfil do MEI, elaborado pelo Sebrae, 76% possuem o empreendedorismo como única fonte de renda e apenas 2% eram empreendedores formais antes de se tornar MEI. O estudo também revela que 51% dos MEI em atividade tinham carteira assinada antes de se formalizar e 12% eram empreendedores informais.

 

Amapá

 O número de MEI abertos e ativos em todo o Amapá até 30 de abril de 2021, era de 21 mil e o número de MEI em 30 de abril de 2021, era de 16.915, um aumento de 4.085 CNPJ Ativos, que corresponde a um aumento de 24,15% em um ano, isso sem levar em consideração os empreendedores que resolveram baixar seu registro Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).


Das 21 mil empresas MEI, 9.488 mil (45%), são representadas por 10 atividades de acordo com o Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE ) Principal, entre elas, comércio verejista de artigos do vestuário e acessórios; cabeleireiros, manicure e pedicure; comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios – minimercados, mercearias e armazéns; restaurantes e similares; promoção de vendas; lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares; comércio varejistas de bebidas; fornecimento de alimentos preparados preponderantemente para consumo domiciliar; comércio varejista de cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal; e bares e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas, sem entretenimento.

 

O MEI surgiu pela Lei Complementar (LC) 128/2008, de dez/2018, em vigor janeiro de 2019.

 

Atendimento

 O Sebrae oferece consultoria gratuita de recomendação, por agendamento, ainda seguindo as orientações sanitárias de isolamento social. Quando o empreendedor chega no atendimento com alguma dúvida sobre a gestão do seu empreendimento, ele recebe atenção de um consultor especializado por 2h, sai do Sebrae com um direcionamento e um plano de ação para melhorar o desenvolvimento da empresa.

 

O atendimento de orientação à gestão, é uma atividade contínua e mais de 80% do público que busca o Sebrae é MEI. Os colaboradores realizam o atendimento nos nossos pontos presenciais na sede e no Superfácil da Zona Oeste em Macapá, nos municípios, mas também na modalidade remota, seja por ligação ou pelo whatsapp 0800 570 0800, temos equipes disponíveis nos telefones e nas redes sociais, de segunda a domingo, 24h por dia, pois existem negócios que funcionam durante o dia e outros à noite, portanto, existem empreendedores que cuidam da gestão do negócio nos turnos manhã, tarde e noite.

 

Orientação para acesso ao crédito, principalmente nesse momento de pandemia, tem o apoio de consultores para oferecer as melhores soluções de crédito e negociação de dívidas para que as empresas e os MEIs possam realmente alavancar.

 

“O Sebrae é MEI todos os dias e está à disposição com atendimento presencial na capital Macapá e nos municípios do Amapá, nas caravanas nos municípios e estamos nos dedicando durante todo o mês de maio programação de conhecimento para o evento Semana do MEI”, finaliza a gerente da UAI/Sebrae, Mayara Fernanda.

 

Fonte: MEI (fazenda.gov.br)

 

 

Serviço

Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832

Central de Relacionamento: 0800 570 0800

Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br

Blog: www.sebraeap.blogspot.com.br

Twitter: @sebraeap

Facebook: /sebraeap

Instagram: @sebraeap