Dirigentes do Sebrae reúnem colaboradores para alinhar retomada das atividades presenciais no Amapá

O Sebrae retoma atendimento presencial aos microempreendedores individuais e empresários de pequenos negócios na sede da instituição em Macapá, no Superfacil do Empreendedor e nos escritórios regionais

https://1.bp.blogspot.com/-xN4C7lHfsDI/YIi52BYT5RI/AAAAAAAEgkY/VCqNVTxmV1QnYfZY_0OZbJlobvrtO8mcgCLcBGAsYHQ/w568-h640/Sebrae%2B-%2BDenyse%2BQuintas%2B-%2BRetomada%2Bdas%2Batividades%2Bpresenciais%2B%25283%2529.jpeg

Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Amapá (Sebrae) reúne dirigentes e colaboradores para alinhar a retomada nas atividades presenciais e fomentar ações com foco na sobrevivência dos negócios locais. As atividades serão retomadas de forma híbrida (presencial e on-line), respeitando os decretos de isolamento social. O atendimento ao público acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, de forma ininterrupta na sede da instituição em Macapá, no Superfacil do Empreendedor, das 8h às 13h, e nos escritórios regionais, das 8h às 12h e das 14h às 18h.

 

Segundo o presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae (CDE), Iraçu Colares, A retomada segura das atividades, é uma ação indispensável no Sistema Sebrae. “A prioridade é a sobrevivência dos pequenos negócios e dos empreendedores individuais, tanto os atendimentos presenciais, quanto pelos canais de atendimento, que empenham esforços para garantir apoio nesse momento crítico. Retomamos os atendimentos presenciais cumprindo às normas de higiene e saúde recomendadas pelo poder público”, disse o presidente do CDE/Sebrae.

 

Para o diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, Waldeir Ribeiro, o trabalho da instituição no estado, é pela sobrevivência das atividades do Microempreendedor Individual (MEI) e das pequenas empresas. “Nesse momento de tanta dificuldade provocada pela pandemia da Covid-19, somos soldados para guerrear pelos pequenos negócios amapaenses. Os novos hábitos, tanto de consumo, quanto de distanciamento social, utilização de máscara e higienização das mãos com álcool em gel, e água e sabão, estão no protocolo para a sociedade reconhecer que os pequenos negócios estão comprometidos com a segurança e saúde da população”, declara o diretor-superintendente do Sebrae no Amapá, Waldeir Ribeiro.

 

De acordo com a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Marciane Santo, reunir os colaboradores é fundamental para alinhar a retomada das atividades presenciais em apoio aos empreendedores amapaenses nesse momento delicado que a pandemia da Covid-19 impõe. “Sabemos da importância que a instituição Sebrae possui em apoiar e fomentar ações com foco na sobrevivência dos negócios locais, e é por isso que estamos aqui”, destaca a diretora técnica do Sebrae no Amapá, Marciane Santo.

 

O diretor de administração e finanças do Sebrae no Amapá, Marcell Harb, destaca que a instituição vem monitorando colaboradores, por meio da Unidade de Gestão de Pessoas (UGP), pois com o retorno às atividades presenciais, todos os setores precisam se cercar de cuidados para impedir a contaminação entre os colaboradores. “É necessário um olhar especializado para a adoção das melhores medidas e o monitoramento tem sido o método efetivo, além de os cuidados com o distanciamento e seguindo os protocolos indicados pelo Ministério da Saúde”, finaliza o diretor de administração e finanças do Sebrae no Amapá, Marcell Harb.

 

Atendimento

 

Empresários e sociedade em geral, entre eles, os empreendedores, trabalhadores, e clientes, têm a opção de atendimento por mensagens via WhatsApp 0800 570 0800, que acontecem em 24h por dia.

 

Dirigentes e colaboradores se uniram na sede do Sebrae em Macapá, na última segunda (26), às 9h.

 

Serviço

Unidade de Marketing e Comunicação: (96) 3312-2832

Central de Relacionamento: 0800 570 0800

Portal Sebrae: www.ap.sebrae.com.br

Blog: www.sebraeap.blogspot.com.br

Twitter: @sebraeap

Facebook: /sebraeap

Instagram: @sebraeap